Propriedade Químicas de Latossolo Vermelho Submetido a Diferentes Manejos Agrícolas

Autores

Palavras-chave:

SPD, SPC, fertilidade

Resumo

Tecnologias alternativas para o uso racional do solo sempre foram foco das discussões sobre o manejo adequado do solo para promover uma agricultura sustentável. Levando em consideração o impacto dos diferentes métodos de manejo na química do solo, o tipo de sistema selecionado mudará as propriedades químicas dos Latossolos. O objetivo deste trabalho é utilizar diferentes métodos de manejo para avaliar as mudanças nas propriedades químicas de Latossolos no Cerrado. O experimento foi desenvolvido na cidade de Vianópolis-GO. O solo da área em estudo foi classificado como Latossolo Vermelho. O delineamento utilizado no experimento foi o inteiramente casualizado. Utilizaram-se três tratamentos e dez repetições, os quais corresponderam as áreas: cerrado típico, SPC, escarificação e gradagem leve (culturas anuais) e a área com SPD (culturas anuais).  Para cada área em estudo, a amostragem de solo foi realizada em setembro de 2019, sendo realizada a coleta de 10 amostras simples (duas entrelinhas e uma na linha) para o SPD e 10 amostras simples (duas entrelinhas e uma na linha) para o SPC e 10 amostras simples da área de cerrado típico com auxílio de trado holandês. As amostras foram enviadas ao laboratório e os resultados foram submetidos a análise de variância e quando ocorreram diferenças significativas, identificadas pelo teste F (P<0,05), aplicou o teste de médias de Tukey, utilizando-se programa estatístico Sisvar 5.6. O sistema de plantio direto apresentou maior fertilidade para P e K. Enquanto o sistema de plantio convencional apresentou melhor desempenho para pH, M.O, CO, V, Ca, Mg, H+Al, Al, CTC e M. O cerrado típico apresentou reduções nos teores de MO, P, K, Mg, Ca, diminuição do pH, menor CTC efetiva, saturação por bases e aumento do teor de alumínio, quando comparados ao SPD e SPC. O SPC apresenta teores de nutrientes próximos ao SPD devido ao uso sistemático da adubação orgânica com esterco bovino.

.

Referências

ALMEIDA, V., JÚNIOR, J. A., MESQUITA, M., EVANGELISTA, A. W. P., CASAROLI, D., BATTISTI, R. Comparação da viabilidade econômica da agricultura irrigada por pivô central em sistemas de plantios convencional e direto com soja, milho e tomate industrial. Global Science And Technology, v. 11, n. 2, 2018.
ALVARENGA, R. C., CABEZAS, W. A. L., CRUZ, J. C., SANTANA, D. P. Plantas de cobertura de solo para sistema plantio direto. Embrapa Milho e Sorgo-Artigo em periódico indexado (ALICE), 2001.
ANDREOLA, F., COSTA, L. M., OLSZEVSKI, N. Influência da cobertura vegetal de inverno e da adubação orgânica e, ou, mineral sobre as propriedades físicas de uma Terra Roxa Estruturada. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 24, n. 4, p. 857-865, 2000.
GUIRADO, A. Esterco bovino e calagem para formação de mudas de guanandi. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 42, n. 6, p. 843-850, 2007.
AZEVEDO, A.C.; BONUMÁ, A.S. Partículas coloidais, dispersão e agregação em Latossolos. Ci. Rural, 34:609-617, 2004.
BAYER, C., MIELNICZUK, J. Características químicas do solo afetadas por métodos de preparo e sistemas de cultura. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 21, p.105-112, 1997.
BORTOLETI JUNIOR, A., GONÇALVES, L. G., RIBEIRO, M. A. R., AFONSO, R., SANTOS, R., SOUZA, C. A importância do Plantio Direto e do Plantio Convencional e as suas relações com o manejo e conservação do solo. Revista Conexão eletrônica. Três Lagoas, MS, v. 12, n. 1, 2015.
CARNEIRO, M. A. C., SOUZA, E. D. D., REIS, E. F. D., PEREIRA, H. S., AZEVEDO, W. R. D. Atributos físicos, químicos e biológicos de solo de cerrado sob diferentes sistemas de uso e manejo. Revista Brasileira de Ciência do solo, v. 33, n. 1, p. 147-157, 2009.
CIOTTA, M. N., BAYER, C., ERNANI, P. R., FONTOURA, S. M. V., WOBETO, C., ALBUQUERQUE, J. A. Manejo da calagem e os componentes da acidez de Latossolo Bruno em plantio direto. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 28, n. 2, p. 317-326, 2004.
CLEMENTE, ALAN DUMONT. Caracterização química e geotécnica de um solo do cerrado para fins agrícolas. Revista CTS, IFG Luziânia, v. 1, n. 2, 2017.
DECHEN, ANTONIO ROQUE; NACHTIGALL, GILMAR RIBEIRO. Elementos requeridos à nutrição de plantas. Embrapa Uva e Vinho-Artigo em periódico indexado (ALICE), 2007.
FERREIRA, E. V. O. ANGHINONI, I. CARVALHO, P. C. F. COSTA, S. E. V. G. A. CAO, E. G. Concentração do potássio do solo em sistema de integração lavoura-pecuária em plantio direto submetido a intensidades de pastejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, 2009.
FERREIRA, D. F. Programa de análises estatísticas (statistical analysis sotware) e planejamento de experimentos – SISVAR 5.6 (Build 67). Lavras: DEX/UFLA, 2014.
FREITAS, L. E. Indicadores da qualidade química e física do solo sob diferentes sistemas de manejo. Revista Unimar Ciências, v. 26, n. 1-2, 2017.
FREITAS, L. E. Efeito de práticas de manejo de longo prazo sobre atributos químicos do solo. V Simpósio Mineiro de Ciência do Solo, 2020.
MORETI, D. ALVEZ, M. C. FILHO, W. V. V. CARVALHO, M. P. Atributos químicos de um Latossolo Vermelho sob diferentes sistemas de preparo, adubações e plantas de cobertura. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n. 1, p. 167-175, 2007.
OLIVEIRA, G. D., DIAS JÚNIOR, M. D. S., RESCK, D. V. S., CURI, N. Alterações estruturais e comportamento compressivo de um Latossolo Vermelho distrófico argiloso sob diferentes sistemas de uso e manejo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 38, n. 2, p. 291-299, 2003.
PATERNIANI, E. Agricultura sustentável nos trópicos. Estudos avançados, v. 15, n. 43, p. 303-326, 2001.
ROCHA, JULIO CESAR; ROSA, ANDRÉ HENRIQUE; CARDOSO, ARNALDO ALVES. Introdução à química ambiental. Artmed Editora, 2009.
RONQUIM, CARLOS CESAR. Conceitos de fertilidade do solo e manejo adequado para as regiões tropicais. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, p.1-30. (2010).
SCHERER, ELOI ERHARD; BALDISSERA, IVAN TADEU; NESI, CRISTIANO NUNES. Propriedades químicas de um Latossolo Vermelho sob plantio direto e adubação com esterco de suínos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 31, n. 1, p. 123-131, 2007.
SILVA, C.F. Manual de análises químicas de Solos, plantas e fertilizantes. 2ed. Brasília DF: Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vol. 627 (2009).
SILVA JÚNIOR, DANIEL NUNES; OLIVEIRA, ERMELINDA MARIA MOTA; DA SILVA, GUALTER GUENTHER COSTA. Teor de carbono em um Latossolo Amarelo em função de diferentes usos: uma abordagem termodinâmica. Cadernos de Agroecologia, v. 15, n. 1, 2020.
SILVA, M. L. N., CURI, N., BLANCANEAUX, P. Sistemas de manejo e qualidade estrutural de Latossolo Roxo. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 35, n. 12, p. 2485-2492, 2000.
SOUZA, Z. D. ALVES, M. C. Propriedades químicas de um Latossolo vermelho distrófico de cerrado sob diferentes usos e manejos. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 27, n. 1, p. 133-139, 2003.

Downloads

Publicado

2022-10-03

Edição

Seção

Artigos