Elementos Pré-Moldados: Fabricação e Aplicação de Blocos de Concreto Pré-Moldados em Alvenaria Estrutural

Autores

  • Ronivon Pereira de Oliveira Faculdade Evangélica de Goianésia Goías

Palavras-chave:

pré-moldados, pré-fabricados, alvenaria estrutural, concreto, bloco de concreto

Resumo

Os elementos de pré-moldados ganham cada vez mais o mercado da construção civil, devido as suas praticidades de aplicação e redução no tempo de execução da obra. Com a fabricação em série do pré-moldado, torna-se mais eficiente o controle de qualidade, assim garantindo os requisitos mínimos estabelecidos em normas regulamentadoras. Um exemplo de elemento com sua fabricação em série é o bloco de concreto pré-moldado de alvenaria estrutural, onde sua fabricação é feita em linha de produção com maquinários semiautomáticos e automáticos. As vantagens dos elementos pré-moldados em uma obra de construção civil são muito amplas, onde em um projeto que se faz necessário o curto tempo de execução, esses elementos são muito recomendados. Esse trabalho tem como objetivo conhecer os elementos pré-moldados e abranger os processos de fabricação e aplicação dos blocos de concreto pré-moldados de alvenaria estrutural, além de abordar as vantagens e desvantagem da sua utilização nos processos construtivos. O método se baseia em artigos técnicos, livros que amplamente tem relatado a origem, fabricação e aplicação dos pré-moldados. Para a abordagem da alvenaria estrutural, baseamos em artigos científicos e normas regulamentadoras que definem os métodos de fabricação, qualidade e aplicação final. Acompanhamos em loco a fabricação e aplicação dos elementos pré-moldados, focando-se nos blocos de concreto pré-moldados de alvenaria estrutural de acordo com suas classes A, B e C. Os resultados obtidos com a aplicação da alvenaria estrutural em substituição da convencional são notórios, pois reduz a necessidade de outros elementos de reforço estrutural como, vigas e pilares de concreto armado, na construção de uma obra, aplicando-se a alvenaria estrutural e levando em consideração o projeto a ser concebido, dessa forma, se utiliza apenas os blocos de concreto pré-moldados de alvenaria estrutural, argamassa, graute e ferragens. Concluímos que os pré-moldados já estão no meio do processo construtivo de edificação há muito tempo e que realmente é um processo que se renova com o passar do tempo, e cada vez está mais presente nas obras do dia-a-dia, trazendo redução no tempo de execução, limpeza e organização no canteiro da obra e reduzindo a utilização de outras estruturas utilizadas nos processos convencionais, garantido da mesma forma a segurança, estabilidade, duração e conforto.  

Referências

ACKER, ARNOLD VAN. Manual de sistemas de pré-fabricados de concreto. FIP 2002, Tradução Marcelo Ferreira, ABCIC 2003.
Apicer. Manual de Alvenaria de Tijolo. Centro Tecnológico da Cerâmica e do Vidro, Coim-bra, 2000.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA (ABCI) (1980). A história dos pré-fabricados e sua evolução no Brasil. São Paulo.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA (ABCI) (2005).Banco de Obras da ABCIC. São Paulo. Disponível em:<ttp://www.comunidadedaconstrucao.com.br/comunidade/calandra.nsf/0/7FB8C08BD8AA
E58903256D2700460388?OpenDocument&pub=T&proj=ABCIC&secao=Destaques>.
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE SERVICOS DE CONCRETAGEM
(ABESC) (2005)- Estruturas de concreto pré-moldadas in loco. Disponível em:<http://www.enetec.com.br/aeaarp/99/99civi.htm>. Acesso em: 12 Abr. 2004.ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE CIMENTO PORTLAND (ABCP) (2005) – Boletim
Cimento Hoje - Fachadas para Montar: pré-fabricados arquitetônicos marcam o cenário
urbano na virada de século. Disponível em:<http://www.abcp.org.br/downloads/cimento_hj/jornal_32/arquitetura.htm>. Acesso em: 03Abr. 2004.ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT) (1985). NBR-9062:Projeto e Execução de Estruturas de Concreto Pré-Moldado. Rio de Janeiro. ABNT.
Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 10844: Instalações prediais de águas pluviais. Rio de Janeiro, 1989. 13 p.
Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 15396. Aduelas (galerias celulares) de concreto armado pré-moldadas – Requisitos e métodos de ensaios. Rio de Janeiro, 2017. 15 p.
Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 6136: Blocos vazados de concreto simples para alvenaria – Requisitos. Rio de Janeiro, 2014. 10 p.
Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR 8890. Tubo de concreto de seção circular para águas pluviais e esgotos sanitários – Requisitos e métodos de ensaios. Rio de Janeiro, 2007. 30 p.
BLOCO VAZADO DE CONCRETO PARA ALVENARIA ESTRUTURAL – MANUAL DE RECEBIMENTO E CONTROLE. 2.ed. Belo Horizonte: Sinduscon-MG, 2014.
BRUNA, P. (1976) Arquitetura, Industrialização e Desenvolvimento - EDUSP/Perspectiva, Coleção Debates, número 135, São Paulo.
Código de Praticas Nº01: Alvenaria de Vedação em Blocas Cerâmico / Erico Thomas.[et al.] – São Paulo: IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, 2009. — (Publicação IPT;3011).
CORBIOLI, N. (2001). A nova geração de pré-fabricados. Disponível em:<http://www.arcoweb.com.br/tecnologia/tecnologia11.asp>.
DORNELLES, V.P.; SABBATINI, F.H. (1993). O planejamento racional da produção nos sistemas construtivos em alvenaria estrutural não armada. In: III SIMPÓSIO IBERO AMERICANO SOBRE TÉCNICAS CONSTRUTIVAS INDUSTRIALIZADAS PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL, São Paulo, 1993. Anais. São Paulo, IPT. v.1, p.40-49.
DUARTE, B. Construtoras de Pré-Moldado e Pré-Fabricado. Disponível em: <http://construtoraprefabricadopremoldado.blogspot.com.br/> Acesso em: 17 de Maio de 2018.
ELLIOT, R. S. (2002). Precast Frame Concepts, Economics and ArchiteturalRequirements. In workshop on Design & Constrution of Precast Concrete Structures.Construction Industry Training Institute. Singapure.
FERREIRA, M.A. (2003). A importância dos sistemas flexibilizados, 2003. 8p.(Apostila).
FLORES, Kelyton Brandão - ALVENARIA CONVENCIONAL X ALVENARIA ESTRUTURAL: VANTAGENS E DESVANTAGENS; Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Curso de Engenharia Civil da Universidade de Cuiabá, como requisito para obtenção do título de Bacharel em Engenharia Civil – Cuiabá-MT 2018.
GISAH, A. P.; THOMPSON, R. V. Comparativo de Custos de Sistemas Construtivos,Alvenaria Estrutura e Estrutura em Concreto Armado no caso do EmpreendimentoPiazza Maggiore. Curitiba, PR: Universidade Federal do Paraná, 2011.
INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSCA (IBGE) (1987). Estatísticas
históricas do Brasil: séries econômicas, demográficas e sociais de 1550 a 1985. Rio de
Janeiro.
IPORÃ BLOCOS. Bloco estrutural. Disponível em: <http://www.iporablocos.com.br/bloco-estrutural.html> Acesso em: 15 de Maio de 2018.
JUNIOR, Agostinho Ribeiro Barros - Alvenaria estrutural e Alvenaria Tradicional – Vantagens e Desvantagens no Empreendimento. – Gerenciamento de Obras, Tecnologia & Qualidade da Construção. Instituto de Pós-Graduação – IPOG Belém, PA, 16/01/2017
MAYOR, Wagner Rocha Soutto (2012), SISTEMA CONSTRUTIVO MODULAR; Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte Escola de Engenharia da UFMG 2012.
MEDEIROS, J.S.; SABBATINI, F.H. (1994). Componentes pré-moldados de concreto armado para a construção de edifícios habitacionais. In: 5th INTERNATIONAL SEMINAR ON STRUCTURAL MASONRY FOR DEVELOPING COUNTRIES, 1994, Florianópolis, BR, 1994. Anais Florianópolis: UFSC/ University of Edinburg/ ANTAC. v.1, p.491-497.OLIVEIRA, L.A. (2002). Tecnologia de painéis pré-fabricados arquitetônicos deconcreto para emprego em fachadas de edifícios. 191p. Dissertação de mestrado Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo.ORDONÉZ, J. A. F. (1974) Pre-fabricacion: teoría y prática. Barcelona: EditoresTécnicos Associados. v.1. REVEL, M. (1973). La prefabricacion em la construcion, 1.ed. Bilbao: Urmo. 457p.
PREMOLDADO BRASIL. Premoldados: Produtos. Disponível em: <https://www.premoldadobrasil.com.br/produtos/> Acesso em: 15 de Maio de 2018.
SALAS, S. J. (1988). Construção Industrializada: pré-fabricação. São Paulo: Instituto de pesquisas tecnológicas.
SIRTOLI, Alex Sandro Couto (2015). Sistemas pré-fabricados de concreto e suas aplicações, Santa Maria, RS, Brasil 2015.
TAVARES, Daniele, Estruturas pré-moldadas, Conceição Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva 2º Edição Maio de 2014.
Tecnomor aditivos e desmoldantes. Pisos de concreto: ladrilho hidráulico. Disponível em: <http://tecnomor.com.br/pisos-de-concreto-ladrilho-hidraulico/> Acesso em: 16 de Maio de 2018.
VASQUES, C. C. P. C. F.; PIZZO, L. M. B. F. Comparativo de sistemas construtivos,convencional e wood frame em residências unifamiliares. Revista Unilins, 2014.Disponível em: <revista.unilins.edu.br/index.php/cognitio/article/download/193/188>Acesso em 18 nov. 2018.
VASCONCELOS, A. C. (2002). O Concreto no Brasil: pré-fabricação, monumentos,
fundações. Volume III. Studio Nobel. São Paulo.

Downloads

Publicado

2022-10-03

Edição

Seção

Artigos